Também Tenho Blog

Visitando Roma no verão Europeu

2 dias em Roma que valeu por 30 no inferno. EITA CALOR! Roma no verão pode ser bem cruel: imagina, a cidade não tem praia, não tem vento e tem muitas edificações+asfalto que deixa o ambiente muito mais quente. Então vou distribuir dicas nas quais acumulei nas incríveis 2 vezes que estive por lá haha e a número 1 sempre é a principal:

  • Nunca vá pra Roma no verão.

Roma é maravilhosa, icônica, histórica, tudo mundo sabe… mas o calor daquela cidade é algo que eu nunca senti na vida, Rio de Janeiro é fichinha haha e o pior: Roma no verão casa com a época de férias então além de quente fica aquela multidão de gente onde você vai, tem gente, gente, gente. Porém além das coisas lindas que Roma tem pra visitar ela reconhece que seu calor é insuportável e pelos pontos turísticos da cidade existem fontes de água potável gratuita e o melhor: geladíssima! Então fica a dica número 2:

  • Compre apenas uma garrafinha de água e vá enchendo-a por onde passar 🙂

Vai que você ta cagando se tá calor ou não, você quer conhecer Roma… ok, obviamente vá! E essa dica serve tanto pro verão quanto pro inverno, água nunca é demais e realmente fiquei impressionada como existem fontes acessíveis pela cidade e até nos lugares menos visitados, lá esta ela. Confesso que dá um nervoso ver aquela água jorrando dia e noite (já que eu venho de uma cidade que ta quase entrando em colapso sem água)  e parece até um certo desperdício porém eu li que existe um reservatório absurdo de água natural no subsolo da cidade, e para diminuir o desperdício, o governo espalhou 2500 fontes pela cidade. OI? manda pro nordeste gente!!!  🙁 E os aquedutos romanos são famosos ne? então água não é problema por lá! No calor que a gente sente além de pegar um pouco da água, a vontade é de entrar nas fontes mesmo… se alguém souber o porquê ou como aquelas águas são tão geladas, me escreve aí!

tambem-tenho-blog-fontes-roma

 

Mas se você não tem outra opção a não ser curtir Roma no verão (entre junho e setembro) curta a cidade sempre a base de muito protetor solar, água e gelatos ♥ Chegamos em Roma perto do meio dia no aeroporto de ciampino aqueles que são afastados da cidade o que justifica o preço da passagem sabe? pegamos busão de 3,90€  que vai até a estação Termini, bem no centrão de Roma. E onde entramos na dica número 3:

  • Sempre se hospede perto da estação Termini

Ao redor da estação é bem cara de rodoviária… muita gente, meio feio, meio sujo. Mas nada assustável, tá? vá tranquilo que ninguém mexe com você, só  não de vacilo de deixar celular no bolsinho de trás porque furtos acontecem em qualquer lugar do mundo, de resto, ta lindo. Ficamos em dois hotéis maravilhosos ao redor da estação (sim, dois porque a bonitinha aqui reservou um na data errada e quando fui mudar não tinha 2 dias seguidos) o Scott House e o Roma Resort Termini. O primeiro tinha um café da manhã super respeitável incluído na diária e o segundo era extremamente confortável, queria morar nele! ♥ Ambos ao lado da estação, imagina só que você chega podre de cansado *ou suado*, como foi nosso caso, e tudo que você precisa é chegar logo no hotel? Ou acordar cedão pra ir pegar um trem, tá ali, do ladinho! Então lembrem-se: estação termini.

tambem-tenho-blog-hotel-roma

  • 2 dias é pouco mas é bem suficiente pra conhecer as principais coisas

Saindo da estação Termini dá pra fazer um passeio a pé que passa por vários pontos essenciais da cidade… ou se você quiser ir de metrô, da também… mas é um pé no saco ir descendo de estação em estação. Não compramos o tal Roma pass porque a única vantagem que vimos nele foi furar a fila do Coliseum e ter o metro incluído por 48h (também tem a opção 72h) e como iriamos fazer tudo a pé a gente preferiu não compra-lo, arriscamos a fila mesmo e tivemos sorte. A fila do Roma Pass tava maior do que da galera que não tinha haha E inclusive falando dele, o coliseum, acredito que ele seja o mais visitado de todos que vão em Roma né? Então todo mundo trata como prioridade indo sempre na primeira hora da manhã. A gente fez ao contrário… Fizemos todo o rolé por Roma e lá perto das 17h a gente foi no Coliseum, resultado: a fila estava bem pequena. Não passamos mais de 15 minutos nela, então se vc não quer perder um dia inteiro na fila, vá no fim da tarde. Olha a dica aí infiltrada pra quem passar direto no texto, perdeuuuu.

  • Vestimentas para visitar o Vaticano

Já no dia que chegamos fomos direto no Museu do Vaticano onde fica a Capela Sistina. Até onde eu sabia era proibido entrar na Capela de short então no calor de 40ºC a gente teve que meter uma calça e na coragem fomos. Porém pode sim entrar de short, imagina se eles iriam barrar todo mundo que no verão europeu faz turismo de short? é impossível. O que eles fazem na entrada da capela é mandar você “cobrir as partes” haha e se você não tem com o que cobrir ele te da um paninho, tipo descartável sabe? e você coloca e pronto. Resolvido… e outra coisa: Ainda não pode tirar foto da capela porém como os celulares não tem aqueles flashs potentes acho que eles liberaram uma selfizinha, eu vi muita gente tirando foto com o celular por lá mas fiquei com medo de ser repreendida e tirei uma nas intuca. Mas ainda existem placas e gente gritando NO PHOTO!

tambem-tenho-blog-roma

O vaticano tava assim, insuportável de lotado. Não dava pra andar direito e lá dentro tava um calor do cão… é uma pena porque o ingresso é realmente salgado (e ele não pode ser usado com o Roma Pass). Então o Vaticano entra na dica de verão em roma: evite, mas se não tiver escolha, vá sem reclamar haha

  • Conheça o EATALY

Em todos os lugares que você vá, tem massa pra comprar. Como souvenir mesmo, qualquer lojinha tem. É um produto que trás fama a culinária italiana então não era de se espantar. O que dá pra você se espantar é nos preços achados para levar uma massa italiana pra casa e no EATALY esses preços serão justos. O mega restaurante/loja deles é meio afastado do centrão turístico mas pra quem gosta de culinária é um paraíso! Todos os tipos de massa, queijos e vinhos, tudo exclusivamente italiano. Até o refrigerante lá era italiano, se chamava Mole cola, é mole? 😀 A gente almoçou lá e levou pra casa dois queijos provolone, pepperoni e massas, muitas massas! 🙂 Ainda rolou um mega gelato pra fechar o dia! Uma experiência diferente, com certeza, mas um programa pra quem tem um tempinho mesmo (e fugir do sol)… Mas se não tiver, dá pra comprar online também e mandar entregar no hotel 🙂

tambem-tenho-blog-eataly tambem-tenho-blog-eataly-2

e as duas dicas máximas: use protetor solar (de novo) e coma quantos gelatos seus euros permitirem!

Lembrando que isso é uma opinião de quem detesta o sol e sentir calor… mas se você não tem problema com isso, se joga em Roma! Aproveita que a cidade é incrível 🙂

Enjoy Roma under the sun! paranranranpanpan….

Gostou do post? Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer 🙂

 

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

1 Comment

  • Priscila Leme 1 de setembro de 2016 at 17:50

    Amei as dicas! Estive em Roma por quatro dias agora no finalzinho de agosto, e, realmente, o calor de lá é insuportável. Também fiquei agoniada em ver tanta água escorrendo pelo ralo. Água potável, geladíssima e, de graça! Qualquer economia de euros é válida, ainda mais pra quem ganha em Real (kkk).

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: