Também Tenho Blog

Paris, 16 de novembro de 2015

Hoje poderia ser mais uma segunda feira que eu acordaria com dificuldade de abrir os olhos por ter ido dormir tarde demais na noite anterior depois de uma viagem sensacional que fiz no final de semana. Ao sair do metro, estaria no centro de Paris e iria sorrir completamente apaixonada pelo o que a vida me trouxe.

Mas hoje a cidade acordou triste, silenciosa. A vida continuava, as ruas estavam cheias quand même. Entrei no escritório e o tão natural bonjour cantado “bonjooooour” deu lugar ao “salut” desanimado. As pessoas estavam de preto, um silêncio que incomodava aquela agência sempre tão agitada por risadas. Eu tinha lido no jornal que o país faria 1 minuto de silêncio ao meio dia, mas eu sou brasileira né? achei que era “caô”.

11h um email da diretora convida todos a pararem seus trabalhos ao meio dia, se levantarem em suas mesas e ficarem 1minuto em silêncio. Ninguém conhecia uma só pessoa que foi morta, eu vi uma menina que chorava baixinho, e o país inteiro parou. Eu, como estrangeira, achei isso uma das coisas mais lindas que ja vi na vida. E vou dizer por quê….

Tocaram no bem mais precioso que eles têm, seu povo. A compaixão que tomou conta desses franceses é algo que certamente nós deveriamos aprender e nunca criticar pra não dizer invejar né? A mídia se voltou totalmente para os atentados de Paris, sim! Absorvam como essas pessoas encaram uma tragédia, doeu em todo mundo. Quem chora é uma nação. Políticos se unem sabe? François Hollande e Nicolas Sarcozy uniram forças pra achar e punir os culpados, menos de 48h o contra ataque começou, é guerra. Independente de que isso seja correto ou não, o presidente da república tomou uma iniciativa. E eu aqui achando tudo isso surreal. Esses mesmos franceses abriram as portas de sua nação para os sírios, os africanos, os árabes, pra mim.

Em um grupo do facebook, inumeras eram as publicações de pessoas doando seu tempo. Eles ofereciam serviços de baby sitter para quem precisava buscar um deseparecido ou para visitar hospitalizados. Gente que virou a noite ajudando desconhecidos, mensagens de amor em todas as partes. Flores, velas, partout. Essa mobilização é incrível e é contagiante, é impossível ficar indiferente, é impossível não comparar com a minha cultura onde as pessoas tem o coração tão bom porém são inertes.

Brasil, quando a gente fala que a França é primeiro mundo, é disso que a gente ta falando: Compaixão.

place

Desde sábado meu coração se enche de muitas questões de como o mundo está todo errado e a cada dia que passa eu tenho pressa de conhecê-lo mais, porque ele está se acabando, ele esta SE acabando e amanhã eu posso não ta aqui pra contar o quanto ele é íncrivel.

#prayfortheworld

Gostou do post? Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer 🙂

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

2 Comments

  • sheyla 18 de novembro de 2015 at 14:47

    Acompanho seu blog já há um tempo. Resolvi comentar meu ponto de vista de quem está no Brasil. Acredito que temos compaixão sim, boa parte do país está mobilizada arrecadando principalmente água pras pessoas em Mariana, mas também comida, roupa, dinheiro e ração pros animais. Acho que inerte são nossos políticos, mas nosso povo não. Tem muita gente sendo solidária aqui sim, não da pra ignorar isso, pois não estou perto de Mg e mesmo assim estou vendo a mobilização pelo país todo.
    Enfim, não era uma crítica, foi mais um comentário, pois tenho visto muita gente boa se esforçando por aqui e acho que eles merecem grande elogios também. Espero que Paris possa voltar a sorrir logo.

    Reply
    • Rebecca Cirino 18 de novembro de 2015 at 15:03

      Oi Sheyla, exato. Os politicos que são inertes mas pessoas também são… mas a inercia do povo esta em deixar eles tomarem conta de um pais que é nosso. Aqui o pais é do povo e se tocar em um, tocou em todos. A união deles me impressionou. Depois da uma olhada nesse texto http://msdiario.com/ver-coluna-blog/a-inveja-e-uma-merde que é um pouco agressivo mas não deixa de ser verdadeiro. Beijos e obrigada pelo comentario!

      Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: